a última chance resenha

A vida de Ellie muda completamente quando seu pai descobre que sua mãe o traiu e está grávida de outro homem. Ele aceita um trabalho em outro estado e avisa a Ellie que irão se mudar no dia seguinte. Tudo que ela tem é apenas uma noite para se despedir de seu melhor amigo (e primeiro amor), Nollan Cook. Eles escrevem cartas um para o outro, que abrirão apenas 11 anos depois, no dia 1º de Junho, e as enterram debaixo de uma grande árvore. 

O que eles não imaginavam é que eles não se veriam mais nestes 11 anos. Agora, Ellie abandonou sua fé, é mãe solo e nem mesmo fala com seu pai. Nollan é um jogador de basquete famoso que aproveita toda essa visibilidade para pregar sua fé ao mundo. Os anos se passaram, a distância afastou ambos, mas o amor prevalece... Será que há uma última chance naquelas cartas enterradas embaixo da árvore?

ficção cristã
Título: A Última Chance
Autor:  Karen Kingsbury
Editora: Verus
Páginas: 334
Ano: 2014

Eu já tinha lido um livro da Karen Kingsbury, uma famosa escritora de ficção cristã, e, embora eu tenha gostado, não foi uma experiência fantástica. Então, fui com expectativas medianas para A Última Chance e me surpreendi!

A narrativa é bastante madura e muito fluída, o que faz você ler rapidamente os capítulos que são alternados entre vários personagens. Acompanhamos o ponto de vista de todos, além de Ellie e Nollan, como seus pais, e até mesmo personagens que chegam para agregar na história.

Eu particularmente amo histórias sobre reencontros e recomeços. Mas esta aqui tocou meu coração de forma especial! O foco não é somente nos dois melhores amigos, que nutriam um inocente primeiro amor, e foram afastados, mas também na família.


Sua vida era uma mistura de escolhas apressadas e consequências permanentes.

O pai de Ellie era um homem rígido e religioso, que empregava a Bíblia em casa para oprimir a esposa. Embora a amasse, seu coração era engessado de religiosidade. Até o ponto em que Caroline, mãe de Ellie, começa a traí-lo, primeiro afetivamente, depois fisicamente e engravida do seu amante.

Levando a filha para outro estado, longe de sua mãe, ele acaba empregando sobre Ellie toda sua severidade, que faz a menina fugir de casa quando descobre estar grávida de um soldado que nem mesmo ama. Pouco tempo depois, o pai de sua filha morre em guerra e Ellie precisa criar a filha longe de toda sua família, sozinha.

Por essa visão, você consegue imaginar como a história é densa e cheia de emoções. Trata sobre temas sérios: uma família despedaçada, traição, religiosidade... Mas a autora conseguiu escrever de uma forma tão leve que li muito rapidamente e, ainda assim, me vi muito tocada em vários pontos. Foi impossível não se emocionar em várias cenas.

Afinal, o livro traz valiosos ensinamentos sobre amor, família, perdão (para os outros e para si mesmo), arrependimento e recomeço.

E o que mais me deixou emocionada foi pensar em como Deus atua através da vida das pessoas para cumprir seus propósitos, usando quem Ele quer. E por mais que não estejamos vendo ou percebendo nada, Deus está sempre agindo em nosso favor. As orações não são em vão.

A história flui, os personagens cativam e todo o enredo comove. Sinceramente, recomendo muito para todo mundo! E, mesmo que você não seja cristão, vale a pena ler!


Você já conhecia esse livro?

9 Comentários

  1. Ahh que premissa incrivel! Eu amo livros de Ficção Cristã, mas ainda não tinha lido nada sobre esse! Já via pra minha lista.. Fiquei curiosa para saber mais sobre a historia da Ellie, Nollan e o pai de Ellie!
    Beijinhos
    Tati
    https://www.conclusoesliterarias.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que dica preciosa! Não conhecia a autora. Gosto muito de livros sobre recomeços e me chamou bastante atenção não se tratar só sobre o romance, mas sobre ser sobre reconciliação consigo mesma e com os outros.
    Amei a dica e já vou anotar

    beijos

    https://duquesaazarada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Fiquei bem interessada na história mesmo não sendo Cristã. Acho que darei uma chance já que está disponível no Kindle Unlimited.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  4. Oie, não tenho o costume de ler livros assim, mas parece uma boa leitura para quem curte. Adorei saber mais.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  5. Olá, Aléxia.
    Eu não conhecia a autora ainda, não sabia que ela escrevia ficção cristã, e já fui até pesquisar mais sobre ela hehe. Achei a capa linda e a história, apesar de não ser algo que eu leria por agora, vou anotar a dica para uma futura leitura.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Eu não conheço as obras da autora, mas fico feliz que te tenha sido uma boa experiência. É bom quando a autora não perde o foco e mantém a escrita fluida, leve, mas ao mesmo tempo madura o bastante para falar sobre assuntos sérios.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  7. Que lindo, deu para sentir pela sua resenha, o quanto a história toca, e nos ensina sobre tantas coisas. Já fiquei curiosa para ler.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Lex, tudo bem?
    Respeito todas as religiões mas não gosto do tema, então não leria. Mas achei muito legal a ideia das cartas enterradas e do que isso representaria pro casal tantos anos depois. Parece mesmo muito romântico!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  9. Olá Aléxia,
    Ainda não conhecia esse livro, deve ser bacana.
    Feliz Páscoa!
    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir