Já orfã de mãe, aos 11 anos Poliana acaba de perder o seu amado pai e agora precisa morar com a sua tia Paulina, uma senhora rica e severa que acolhe a sobrinha pela obrigação de seu dever como única parente viva da jovem menina. Mas, quando Poliana chega tudo começa a mudar...

Título: Poliana
Autor: Eleanor H. Porter
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 192
Ano: 2018
Nota: 4/5


Poliana é apenas uma criança, mas através de um jogo ensinado por seu pai, o Jogo do Contente, ela consegue influenciar todas as pessoas com quem convive a enxergarem o lado bom da vida - e em cada situação ruim há pelo menos um motivo para se alegrar, bastando assim você jogar o Jogo do Contente.

Sendo assim, ao chegar na casa de sua tia Paulina, a primeira missão de Poliana é buscar alguém com quem possa jogar o tal Jogo. Acontece que Paulina proíbe a sobrinha de sequer falar de seu pai - o que dificulta Poliana a explica à tia o jogo que poderia mudar completamente a forma com que a severa senhora encara a vida.

Assista à resenha de Poliana:


Aos poucos, Poliana vai conhecendo a vizinhança e, dos adultos às crianças, Poliana começa a ensinar e praticar o Jogo do Contente, influenciando todos a sua volta a serem mais felizes, mais alegres.

Poliana é uma história clássica da qual todo mundo já deve ter ouvido falar em algum momento. O livro que contém uma narrativa fluida e simples, mas extremamente comovente, e consegue encantar os leitores não somente pela excelente forma com que é escrito, mas especialmente pela história - que inspirou filme, novelas e gerou tantas edições diferentes do mesmo livro.



Confesso que no começo do livro eu fiquei muito com o "pé atrás" com Poliana - a todo momento a menina é feliz! Mesmo nas situações mais difíceis e tristes ela tenta encontrar um motivo para ser contente - e, de certa forma, isso me incomodou muito, afinal, nós também precisamos aprender a lidar com sentimentos difíceis, dolorosos, tristes.

Mas com o decorrer da história é impossível não se encantar com a forma doce de Poliana em se aproximar de cada pessoa e querer ajudá-las. E, então, comecei a perceber como o livro tem um caráter infantil, como uma fábula que a todo momento tenta ensinar algo ao leitor - o que, creio eu, justifique o exagero da personalidade de Poliana.


A história decorre com altos e baixos na vida dos personagens, a cada momento surgem novos personagens para movimentar as páginas e, com isso, nunca fica muito monótona. Além disso, tem um certo mistério que envolve o leitor, relacionado ao passado da tia de Poliana, e que desperta a curiosidade. E o final, para minha grande surpresa, é recheado com uma reviravolta na história, da qual eu não estava esperando nem um pouco - com um desfecho até bastante realista para um livro com um espírito quase fantasioso.

Poliana foi uma leitura excelente para esse momento de quarentena no qual estamos vivendo - todas as lições, a alegria contagiante, a história envolvente veio em uma excelente hora. E, a edição lindíssima publicada pela Editora Nova Fronteira, ajudou muito a me envolver no clima da história - o que fez uma boa diferença na minha leitura ♥ Portanto, recomendo demais a leitura e também essa edição, muito bem traduzida e ilustrada.



Você já conhece a história de Poliana? Comente aqui embaixo!

Se inscreva na newsletter e receba conteúdo exclusivo


17 Comentários

  1. Oi, Lex!
    Uma das minhas amigas se chama Pollyana por conta do livro, e sempre tive muita curiosidade de ler a história!
    Amei a resenha e já vou salvar na minha lista de próximas leituras ♥
    Essa edição ficou linda mesmo!

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem?
    Sempre ouvi falar sobre esse livro mas confesso que não tinha ideia sobre o que se tratava! Eu também ficaria desconfiada de uma personagem feliz o tempo todo, mas como você disse, uma criança né?
    Senti que ela pode ter um comportamento parecido com a Anne de Green Gables :)


    Beijo,
    Fantasma Literário

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Acho que realmente é uma boa pedida para esse momento tão difícil que estamos passando.
    Dica super anotada para leitura, pois já tinha curiosidade em ler.



    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  4. Oi, Aléxia

    É um grande clássico mesmo. Minha irmã tinha uma edição deste título, mas eu nunca cheguei a ler. Hoje em dia eu não faria isso porque trata-se de uma protagonista criança, algo que não funciona comigo. E eu também não confio em pessoas que são felizes demais não, viu?! Te entendo! hahahaha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  5. Li Poliana faz um bom tempo e até hoje lembro da lição que ela deixou pra mim, com o jogo do Contente. Também acho que ficaria incomodada com tanta alegria, mesmo nos momentos mais difíceis, mas creio que podemos enxergar essa alegria como forma de sobrevivência mesmo. Muito boa resenha ><

    https://monautrecote.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi
    esse é um livro que tenho curiosidade e parece ser envolvente, minha mãe falou que costumava ler ele quando mais novas, a poliana parece ser encantadora, eu assisto a novela do sbt, mas sei que é totalmente diferente da original.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. o livro parece ser muito mais interessante que a novela

    beijo
    A mina de fé

    ResponderExcluir
  8. Olá Alexia,


    Eu sempre leio resenhas positivas desse livro, a sua não foi diferente, espero poder ler um dia, ótima resenha.



    Bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é uma graça. Li esse e a continuação Polyanna moça.
    Big Beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Alêxia, tudo bem?

    Eu sempre desconfie em pessoas felizes demais, ou que respondiam "gratidão" para tudo. Mas depois que passei por uma fase meio complicada da vida, passei a entender porque algumas pessoas são assim e talvez hoje, eu seja uma pessoa feliz demais rs...

    Já ouvi muito falar desse clássico, mas nunca tive a oportunidade de ler ele.

    Beijos;*
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Aléxia!

    Apesar de não ser um gênero que costumo ler, fiquei feliz de saber que é um livro perfeito pra esse momento de quarentena, pra esquecermos da vida e ainda ganhar lições junto!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Poliana é o livro da minha infância e da infância da minha mãe ♥ Um clássico que todos deveriam ler!

    Beijoos,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
  13. Eu te amo infinitamente porque além de deixar o vídeo, você também escreve suas impressões. Isso sim que eu chamo de blogueira de qualidade.
    Miga, eu meio que tive esses mesmos sentimentos. Eu entendia Poliana, mas ao mesmo tempo ficava incomodada por ela nunca demonstrar estar triste (assim como você, concordo que a gente tem que aprender a lidar com esses sentimentos). Acabei gostando muito, principalmente porque eu li quando criança.

    Beijo!
    https://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Lex!

    Eu nunca li Poliana, mas é interessante esse artifício que a autora usou, mesmo com o que a personagem passou ela continua up!
    Mas talvez seja porque é mais fácil falar ou demonstrar assim para uma criança, né?
    Achei interessante
    Talvez eu leria agora sim! haha
    Pena que não tem no unlimited :(

    Beijos!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  15. Olá, como vão as coisas por aí?

    De uns tempos pra cá, eu fiquei com muita vontade de conhecer essa obra. Sua resenha me fez querer mais ainda ler. Eu acho que o jeito felizão dela sempre também me deixaria com um pé atrás, de início, mas adorei a explicação e acho que será uma ótima leitura. Espero ter a oportunidade logo de ler! Não sabia que eu não seguia o blog ainda, acabei de seguir.

    Abraços!
    Acampamento da Leitura

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Eu li o livro uma vez há muito tempo e amei, chorei horrores e quero ler novamente. Gostei demais da sua resenha e o livro nos ensina demais.
    Eu já estava há um tempo querendo ler por causa da novela que passou no SBT, na verdade acho que termina essa semana.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oioi!

    Sua resenha me deixou com muita vontade de ler! Ainda não conhecia a autora!

    A histórias parece ser encantadora!

    Beeijo!

    http://estanteflordelis.blogspot.com

    ResponderExcluir