vinte garotos no verão resenha do livro

Título: Vinte Garotos no Verão
Autor:
Sarah Ockler
Editora:
Novo Conceito
Páginas:
288
Ano:
2014
SKOOB
| AMAZON

Desde os seus dez anos de idade, Anna é apaixonada pelo seu vizinho e melhor amigo-menino, Matt. Mas foi somente no seu aniversário de 15 anos que Matt realmente demonstrou sentir o mesmo. Então eles começaram a se ver em segredo, depois que todos iam dormir. 

Por duas semanas Anna desejava contar a Frankie, sua melhor amiga, sobre o que estava acontecendo, mas Matt a fez prometer que deixaria que ele contasse a sua irmã, quando eles viajassem para a Califórnia nas férias. O eles não imaginavam era que Matt morreria em um acidente de carro apenas um dia antes da viagem e Anna ficaria com esse grande segredo que não poderia ser revelado.

O segredo pesa ainda mais na consciência de Anna quando ela é chamada pelos pais de Frankie e Matt, um ano depois, a viajar com eles para a Califórnia. Frankie está uma menina totalmente diferente, fuma, se veste de forma provocante e quer chamar a atenção de todos os garotos. Enquanto Anna guarda em segredo tudo que aconteceu entre ela e Matt, sem ter o direito de sentir a dor da perda do seu primeiro amor, porque ninguém sabia que esse era o espaço que Matt ocupava em seu coração. 

Então, Frankie bola um plano de que ela e Anna devem conquistar vinte garotos no verão - e que Anna precisa perder a virgindade com um desses garotos. Mas Anna não está preparada para deixar que ninguém ocupe o lugar em seu coração que até então pertencia a Matt, e Frankie não faz ideia de tudo que aconteceu entre sua melhor amiga e seu irmão mais velho, um ano atrás, antes dele morrer. 

Dói demais pensar no assunto. Se eu beijasse outra pessoa, o encanto se perderia e minhas lembranças com Matt e tudo que o envolvia desapareceriam.
Vinte Garotos no Verão é uma história narrada de uma forma bem leve e fluida, mas falta ainda alguma coisa especial. A autora muitas vezes se prolongava em parágrafos sobre detalhes que eram desnecessários e isso me gerava uma ansiedade para pular essas partes e ir para a história realmente. Já em outros momentos eu senti falta de um relato mais aprofundado, especialmente quando se tratava de toda a questão do luto. Mas tudo isso é justificado porque esse foi o primeiro romance da Sarah.

A construção dos personagens também foi algo bastante mediano. A Frankie é completamente insuportável, do início ao fim. É notório que desde a morte do irmão ela tem buscado formas de chamar a atenção, mas isso não justifica em momento nenhum a forma como ela trata a melhor amiga, a insultando de uma forma passiva-agressiva por conta do fato de Anna ainda ser virgem e não querer se vestir e se comportar como ela.

Já a Anna é uma personagem que me deixa confusa. Em alguns momentos eu ficava irritada por conta da falta de personalidade dela, em deixar que a Frankie a humilhasse. Em outros, eu entendia. Frankie costumava ser uma amiga diferente antes, mas a morte de Matt mudou tudo. Além disso, Matt era quem costumava cuidar de Frankie e agora essa responsabilidade está nas mãos de Anna.



Eu senti falta um pouco de envolvimento dos pais de Frankie e Matt, mas eles foram praticamente personagens fantasmas, especialmente depois dos primeiros capítulos e apareciam apenas para quando as meninas precisavam contar alguma mentira para poder se encontrar as escondidas com os garotos. Então basicamente a história girou em torno de Frankie, Anna, os sentimentos relacionados a Matt e Sam, o garoto do verão que despertou o interesse em Anna.

Embora eu também tenha achado que isso poderia ter sido melhor desenvolvido toda a questão envolvendo o luto, foi um relato que me causou muita empatia. Eu desejei mais em sentir as dores da perda que os outros personagens sentia, como os pais de Matt e também da própria Frankie, como irmã dele. Mas foi com a Anna, a narrador, que eu realmente me emocionava e sofria.

O desejo dela em revelar aqueles sentimentos que guardava, sem poder compartilha-los com sua melhor amiga. O medo dela em fazer isso e estar quebrando a promessa que havia feito com Matt. Além de todo o drama que envolvia o fato dela se interessar por um novo garoto, mas não saber como lidar com o sentimento conflituoso de para onde Matt iria em seu coração a partir disso. Eu conseguia sentir tudo isso com a personagem e isso me motivou a sempre estar querendo ler mais, até terminar a história.

Eu nem sabia direito o que esperar do final, porque esse é aquele tipo de livro em que você sabe que o desenvolvimento, o "meio", é que é o mais interessante. E realmente foi. Mas por conta de todos esses pequenos problemas, o livro acabou se tornando bem mediano. Me emocionou, me tocou profundamente, me fez sentir de novo todos os dramas da adolescência, mas ainda assim sempre faltava algo: na narrativa, no desenvolvimento, na construção dos personagens.

É uma leitura despretensiosa, para aqueles momentos em que você quer ler algo para relaxar, mas que ainda assim te toque. Acredito que o motivo pelo qual eu consegui dar 3 estrelas foi especialmente porque eu fui ler realmente sem querer que fosse um livro fantástico.

dicas de livros

11 Comentários

  1. Oi, ALéxia
    Vou pontuar as mesmas coisas que você. Frankie é muito mandona, o centro da atenção e a Anna é totalmente sem personalidade. Ainda assim eu gostei da história, me emocionei só a achei muito lenta.

    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. História arrastadinha, é? Não curto, ainda mais se há uma falta de 'personificação' entre os personagem. Muito boa a sua resenha!


    www.coisasdepriscila.com
    Instagram l Beijo.
    Nos encontramos toda seg, qua e sex.

    ResponderExcluir
  3. Que legal, não conhecia o livro ainda!
    Beijos
    https://oneoffjulia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. bacana conhecer o livro com sua resenha, as vezes gosto de intercalar leituras mais despretensiosas como essas com os classicos

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  5. Que pena que, mesmo a história sendo interessante, parece que faltou alguma coisa..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Aléxia!
    Menina, lendo sobre a trama, eu fiquei com vontade de ler, porque me pareceu uma leitura bem leve e que passa rápido. Mas alguns pontos negativos deram uma freada na animação haha ainda quero ler, mas talvez eu vá com bem menos expectativa, mais pé no chão.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  7. Confesso que também detesto parágrafos com descrições desnecessárias, com certeza eu também ficaria ansiosa para pular essas partes durante a leitura.
    Não sei se eu leria esse livro, não sei se eu suportaria ver toda a pressão que a protagonista parece sentir durante a narrativa.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Pela sua resenha eu tive vontade de colocar a Anna num potinho, tadinha! Fiquei bem interessada na história, pela premissa tinha tudo para ser um romance legal. É uma pena os pontos negativos, mas gosto de pensar que tudo isso é por ser o primeiro livro da autora também. Não sei se leria por esses erros de desenvolvimento, talvez eu intercalasse com uma leitura mais pesada.
    Seu blog é muito lindo, viu? Adorei <3
    Beijos!
    Our Constellations

    ResponderExcluir
  9. Oi Aléxia, como vai?
    Achei a premissa da história muito interessante, mas conforme fui lendo sua resenha senti que não é pra mim. Fica agoniada com descrições muito lingas e desnecessárias ao desenvolvimento da trama. Ótima resenha.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Aléxia,

    A premissa é interessante, mas acho que ando fugindo um pouco dessas personagens meio adolescentes. Só pela sua resenha já sei que teria ranço eterno dessa Frankie.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  11. Estou louca para ler esse livro vou procurar e espero consegui lê ele pois mesmo com algumas falhas sei que sera um livro incrível.


    https://amorliterrioerecomendaes.wordpress.com

    ResponderExcluir